Viver no mundo da saudade

Hoje estamos há um mês sem o sorriso mais lindo do mundo. A saudade do meu avô aumenta mais a cada dia. Uma vez, uma amiga que perdeu o pai definiu a saudade como “parece que o coração vai explodir” e é uma explosão diária. Hoje eu escrevi sobre viver no mundo da saudade…

Viver no mundo da saudade é aprender a amar os detalhes.
Amar o cheiro no travesseiro, as fotos, aquele chapéu comprado e usado com tanto carinho, os vídeos que denunciam alegria em meio ao caos. Você aprende amar até o que houve de triste no mundo, o silêncio angustiante da ausência.
Dos risos nossos de cada dia, até o coro de choro quando nem podíamos imaginar o quanto a saudade doía.
O que existe de mais eterno na vida são os detalhes,
porque há lembranças em todos eles e tudo aquilo que fui e amei, nada e ninguém pode me fazer esquecer.
Hoje é um dia especial, de grandes e inesquecíveis detalhes. Eterna saudade.

vo03

Fotos de momentos alegres para celebrar a oportunidade de ter sido tão feliz.

vo02

vo01

Música “Lei da vida”

Deixe uma resposta