Um dia na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

bienal

Eu sei, faz um tempão que não consigo escrever nesse blog. Tenho uma lista enorme de temas que quero publicar aqui, mas, devo confessar que muita coisa aconteceu nesse mês e ainda estou me adaptando para conseguir aproveitar as oportunidades que tive. Prometo que nessa semana organizo meu tempo e volto com tudo.

No post de hoje conto tudo sobre o meu dia na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2016. Já disse aqui que desde criança eu sempre amei ler, meu pai me incentivava muito e eu devorava pelo menos dois livros por semana. Hoje, infelizmente, não consigo ler o quanto eu gostaria, mas continuo fazendo lista de livros para ler e colocando uma meta nos objetivos do ano. Quando leio, me encontro e isso me faz compreender muito a vida.

Bom, desde 2012 eu não ia à Bienal, primeiro porque eu ainda tenho livros que comprei e não consegui ler e, segundo, porque a organização foi ruim nas últimas edições. Voltei para matar a saudade agora, em 2016, e ver tudo o que mudou na 24ª Bienal Internacional do Livro em São Paulo.

O que é a Bienal Internacional do Livro de São Paulo?

Em palavras simples, é um grande encontro de editoras e livrarias que montam stands de venda de seus livros e aproximam leitores e autores nas sessões de autógrafos. Por ser um evento internacional, a variedade de livros é muito grande e também é comum que escritores estrangeiros venham bater um papo e assinar os exemplares dos seus fãs.

A 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo acontece até o dia 4 de setembro no Pavilhão do Anhembi das 9h às 22h durante a semana e aos finais de semana a partir das 10h. Para ficar por dentro de tudo o que acontecerá nesses dias, é só acompanhar o site, Facebook, Twitter, Instagram ou baixar o aplicativo da Bienal no seu celular.

14202771_1373308919363424_3716594698089681443_n

Onde comprar ingresso?

É possível comprar os ingressos na bilheteria do evento, mas, como as filas são enormes, indico que você torne a vida mais prática e compre pela internet no site do Tickets For Fun. Os preços variam para visitas durante a semana e finais de semana.

No Tickets For Fun tive uma experiência legal. Tive dúvidas depois que realizei a compra e eles foram rápidos e eficientes na resposta.

O que percebi que mudou na 24ª Bienal do Livro de 2016?

Preço: em edições anteriores era comum os preços de livros da Bienal serem mais baratos do que das livrarias da minha cidade ou mesmo da internet. Lembro que da última vez que fui, em 2012, voltei com tantos livros, que nem consegui ler todos ainda. Dessa vez não compensava comprar muitos livros, já que os preços eram os mesmos de qualquer livraria ou site da internet. Aliás, as promoções na internet são ótimas.

Cultura Nerd: aumentou muito o número de stands de livros e materiais nerds. Quem gosta de grafic novel vai pirar! Há alguns anos as editoras reservavam um espaço pequeno para esse nicho e dessa vez ele ocupou stands inteiros, com livros, miniaturas e até artigos de decoração.

Praça de alimentação: em edições anteriores haviam poucas opções de restaurantes e tudo era muito caro. Dessa vez a praça de alimentação ganhou muito mais espaço na Bienal, com preços ainda salgadinhos, mas acessíveis. Eu levei alguns lanches na mochila, então deu para enganar a fome por um tempão até eu me render a um cachorro quente delicioso. É comum levar lanche de casa e tem gente que faz até piquenique.

Organização do evento: me pareceu que a organização da Bienal melhorou muito esse ano. Tive a sensação de que o número de expositores diminuiu, confirmei essa informação, mas, de qualquer forma, as ruas estão maiores, largas e mais transitáveis.

As sessões de autógrafo de autores estrangeiros eram grandes tormentos, já que as ruas eram mais estreitas e as filas se acumulavam nos corredores. Pelo que entendi essas grandes sessões estão mais organizadas, com distribuição de senhas e um espaço “isolado”, onde só tem acesso quem tem senha. Isso melhorou muito fluxo de pessoas nos corredores. Ainda acontecem sessões nos stands por toda a Bienal, mas nada que forme “muvuca”.

O que eu comprei?

Sem muito tempo para ler e com o orçamento apertado, a minha ideia não era gastar muito. Comprei apenas o que fez meus olhos brilharem, já que estou numa fase de ler muito sobre a vida e o que faz refletir sobre ela.

“As Fases da Lua” reúne histórias de 5 mulheres, 5 fases da lua e 5 histórias de amor.  Parece uma leitura mais leve, que faz refletir e também diverte. Estou muito curiosa, principalmente porque duas das cinco autoras eu já conheço e gosto muito.

1364-20160516152456

“Assim como a Lua, a vida também é repleta de fases, e neste livro acompanhamos as deliciosas histórias de cinco mulheres que estão em diferentes fases da vida, mas que têm em comum os altos e baixos, os amores e desamores, as promessas e incertezas da busca pela felicidade”.

Minha segunda escolha foi o título “Se eu pudesse viver minha vida novamente”, do escritor Rubem Alves. Há tempos queria ler algum de seus livros e esse me ganhou pela orelha:

“A vida é feita de perdas. Fiquei comovido, dias atrás, vendo fotos dos meus filhos quando eles eram meninos. Aquele tempo passou. Está ligado à realidade da própria vida. Tudo o que amamos, tudo o que é belo, passa”.

Se eu pudesse viver minha vida novamente - Rubem Alves - Acordei com Vontade de Ler

Quando eu conseguir ler, faço um post para vocês.

O que eu mais gostei?

Não tem como discordar, o marketing de experiências toca o coração. Eu sou geração Y e se uma experiência cabe no meu bolso e eu quero, pago sem sofrer. Por si só a Bienal já é uma grande experiência para conhecer pessoas e, com sorte, seus autores preferidos, mas é difícil ser criativo em meio a algo tão tradicional, como os livros.

Entre tantas ações rolando no evento, o stand da Turma da Mônica deu um show de marketing de experiência. Numa cozinha especial as crianças puderam se divertir e aprender receitas com chefes de cozinha e os personagens da Turma da Mônica. Até eu queria participar dessa aula! Se eu já estava achando muito legal a ideia da cozinha, quase pirei quando vi a parceria da Turma da Mônica com a Dentro da História, uma empresa que coloca você dentro das suas histórias preferidas.

14114869_1373313856029597_2927429667390043049_o

Em poucos minutos eu personalizei minha personagem e paguei com o cartão de crédito no próprio computador que criei minha menininha. Cravados 45 minutos, o livro estava impresso e eu amando ser uma personagem da Turma da Mônica. Fala sério, quem leu os gibis do Mauricio de Souza e não quis entrar na história?

14141536_1373308872696762_8469488662043078510_n

Se você não conseguir ir na 24ª Bienal do Livro de São Paulo e quer muito entrar dentro da história da Turma da Mônica, não tem problema. Clicando aqui você pode personalizar o seu personagem e receber o livrinho em casa. A qualidade da impressão é muito boa, vem embaladinho, bem cuidado. Pela qualidade e a alegria, foram 40 reais muito bem gastos.

Como ir?

Essas foram as minhas impressões sobre minha ida à Bienal. Ainda dá tempo de você ir e conferir tudo de pertinho.

Clicando aqui você consegue ver todas as instruções de como chegar ao Pavilhão do Anhembi. O evento disponibiliza transporte gratuito saindo todos os dias do Metrô Tietê e aos fins de semana saindo também da Barra Funda. No site tem todas as informações importantes para quem for de ônibus.

Para quem é de Campinas e região, há ainda outra opção, a Débora Excursões, que realiza viagens há 5 anos para os  maiores eventos do Brasil.  Essa foi a primeira vez que viajei com a Débora e recomendo muito. O preço é muito justo, fomos confortáveis no ônibus e o serviço é ótimo, desde a comunicação antes da viagem até a pontualidade da ida e da volta. Para acompanhar as excursões que a Débora está organizando até o dia 4, último dia da Bienal e conhecer mais sobre o seu serviço, é só entrar na página dela no Facebook.

14114933_569500649900345_5668295562936509804_o

Serviço:

24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo
De 26 de agosto até 4 de setembro
Pavilhão do Anhembi – Av. Olavo Fontoura, 1209 – Santana
Durante a semana: das 9h às 22h / Finais de semana: das 10h às 22h
Site: http://www.bienaldolivrosp.com.br/ 
Ingressos: http://premier.ticketsforfun.com.br/shows/show.aspx?sh=BIENAL16

Deixe uma resposta